Psicologia do Envelhecimento

May 10, 2017

 

A velhice vem ganhando uma nova visão, na qual passou a ser percebida como uma fase com muitas possibilidades de aprendizagem e conhecimento, não só por ser um processo único e individual, mas por entender que a Psicologia tem uma íntima relação com o envelhecimento, uma vez, que no decorrer de nossa existência estamos em constante evolução.
A Psicologia enquanto “ciência do comportamento e dos fenômenos mentais”, vem contribuir com o envelhecimento influenciada pelo diálogo e cooperação com outras áreas do saber, nascendo daí uma nova perspectiva, a Psicologia do Envelhecimento.
É importante compreender que envelhecimento não é um estado, é um processo dinâmico e continuo, e que a velhice é a última fase da vida e diz respeito a nós todos.
Além das alterações do corpo, o envelhecimento traz ao ser humano uma série de mudanças psicológicas que podem resultar em: dificuldade de se adaptar a novos papéis; falta de motivação e dificuldade de planejar o futuro; necessidade de trabalhar as perdas orgânicas, afetivas e sociais; dificuldade de ser adaptar às mudanças rápidas, que tem reflexos dramáticos nos idosos; alterações psíquicas que exigem tratamento; depressão, hipocondria, somatização, paranóia, suicídios; baixas autoimagem, e autoestima.
Nesse aspecto, a psicologia do envelhecimento focaliza as mudanças nos desempenhos cognitivos, afetivos e sociais, bem como nas alterações em motivações, interesses, atitudes e valores que são característicos dos anos mais avançados da vida adulta e dos anos da velhice.
O processo terapêutico pode auxiliar o adulto e ao idoso a entender e compreender melhor sobre sua condição de saúde e aos tratamentos médicos que por vezes esteja se submetendo, além de ajuda-lo a entrar em contato com questões emocionais e psíquicas, possibilitando assim uma diminuição dos sofrimentos causados por problemas comuns no cotidiano dessa faixa etária.
A psicoterapia com o idoso visa também beneficiar os cuidadores e a família, uma vez que ao se cuidar, ao se dar o devido valor, ao saber se posicionar melhor frente às adversidades da vida, a pessoa saberá também lidar de maneira mais adequada e adaptada com todos os que com ela convivem.
Jaira Magalhães – CRP 01/19054

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

A Metáfora da Mesa

May 10, 2017

1/3
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©  2020 por CONEXÃO Núcleo de Psicologia Clínica

61 3321-7344  

61 99676-7821

  • Instagram
  • Wix Facebook page